O livro Mulheres que plantam a Lua conta a história de Lola, uma professora universitária que, ao atravessar uma grande crise em sua vida, se permite viver experiências extraordinárias.

Lola é iniciada por Yuk, uma jovem que a apresenta a algumas práticas indígenas que ampliam sua visão. Com ela, Lola aprende, aos quarenta anos, a plantar a Lua, que significa devolver o sangue menstrual para a Mãe Terra.

Plantar a Lua a auxilia em sua busca por uma maior conexão consigo mesma e com a natureza.

À história de Lola, no decorrer de sua tessitura, entrelaçam-se histórias de mulheres e homens. A obra abrange aspectos femininos presentes nos homens e o masculino como influência e inspiração na mulher. Também a relação conturbada com o pai morto, o amor pelo marido, que é ao mesmo tempo o epicentro do conflito e seu porto seguro, a profunda amizade com Yussif e Benedetto, homens cuja feminilidade espelha aspectos pungentes da vida da personagem. Uma obra de ficção sobre a vida cotidiana de mulheres de todas as idades, meninas, jovens, velhas incríveis, e de homens fantásticos que as cercam.

© 2023 by Joel Brown. Proudly created with Wix.com